17 de out de 2016

+ UM OUTUBRO TRISTE

Hoje minha mãe estaria completando 75 anos. Permanece em meu coração um enorme vazio. Procuro lembrar dos momentos alegres para evitar chorar, mas é quase impossível. As pessoas me dizem que um dia passará essa tristeza. Será? Mãe deveria ser eterna. Coisa melhor não há.

5 de out de 2016

QUANDO PENSAR EM DESISTIR, LEIA ISTO.


Quando você pensar em desistir, olhe para o lado que realmente importa, o lado de dentro, e então se pergunte qual é a sua razão maior, o seu porquê, o motivo que te fará mais forte e mais capaz do que qualquer porém. Do que qualquer pesar. E vai.
Quando você pensar em desistir por causa deles, olhe para eles, e se pergunte quando foi que você deixou de ser importante para si mesmo, quando foi que a imagem refletida do outro lado do espelho deixou de ser a sua, quando foi que opiniões, críticas e julgamentos de quem nunca realmente parou para te olhar de verdade invadiram a sua vida e domaram as suas escolhas dessa maneira. E então deixe ir o peso do outro. Foque no que te fortalece. Mire no que te faz leve. E vai.

Quando você pensar em desistir por causa das circunstâncias, se pergunte qual é o propósito de tudo, da onde vem o aprendizado, o grande legado, o motivo que te fará agradecer mesmo quando a tristeza vier. E então se concentre no lado bom de todas as coisas, na sabedoria do universo, na certeza de que amanhã é sempre outro dia e que não há sofrimento ou dificuldade que dure para sempre. E vai.

Quando você pensar em desistir por causa de si mesmo, se pergunte quem é você e qual é a sua missão nesse mundo. E então avalie se o desistir tem a ver com ser forte, sábio e consciente (porque às vezes desistir exige mesmo uma coragem imensa) ou se é só uma maneira covarde de fugir da batalha antes mesmo da luta. E se for por falta de tentativa, e se for por medos e receios de não ser capaz, encontre dentro de si mesmo a força que te move a levantar da cama todos os dias. E vai.

Quando você pensar em desistir por causa do tempo, se pergunte o que realmente importa na vida: a direção ou a velocidade. E então comece a olhar para todas as coisas com a curiosidade e a aventura da criança e a sabedoria e a experiência do idoso. Do tempo passado, pegue o que te faz melhor, inspire-se no que te faz sorrir, orgulhe-se das cicatrizes, colecione histórias, mas siga em frente. Do presente nasce o recomeço. E o tempo nos ensina que nunca é tarde demais. Agarre-se na infinidade do agora, seja presente de corpo, alma e coração. Faça sempre o seu melhor. Seja sempre o seu melhor. Não dê demasiada importância a um futuro que você nem sabe se vai chegar. Vista o seu melhor sorriso, confie na força da sua intuição. Arregace as mangas. Tire o sapato. Deixe o vento bater no rosto. Deixe despentear. E vai.

Quando você pensar em desistir, quando o barco virar e o mar estiver revolto demais, quando a única alternativa que restar de tudo isso for lutar ou morrer, agarre-se na sua fé, acredite no seu milagre, pule nas águas. E nade.

Quando você pensar em desistir, justamente porque não sabe nadar, olhe para o mundo com gana de herói, com olhos de quem desafia o impossível e faz valer à pena cada segundo da vida. E pula na água. Pula na água.

Quando a gente não sabe o que fazer, a gente aprende.

O Segredo • 1 de março de 2015

14 de dez de 2015

MALDADE

A maldade existe em cada um de nós. Uns a assumem e mandam ver. Outros assumem, mas deixam lá quieta. Outros nem fazem ideia da existência dela, mas está lá. - Coração Escrevendo

21 de jun de 2014

ENTREVISTA DE EMPREGO

Fui fazer uma entrevista de emprego semana passada e uma pergunta me fez 'empacar' diante da psicóloga: - O que te tira do sério?, perguntou ela. Sei o que me tira do sério, mas na hora não consegui responder. Acho que passou tantas situações na minha cabeça de uma só vez que a única coisa que consegui responder foi: - Dependendo da ocasião, calamos ou não. Não sei se foi uma resposta inteligente, mas foi o que veio na hora. Quando cheguei em casa, essa pergunta ainda 'martelava' na minha cabeça. Pensei, pensei, pensei e deduzi que, entre outras, as principais são: maldade gratuita e proposital, deslealdade e desonestidade. Essas são as que, como falei antes, calo ou não dependo da ocasião. Segundo o dicionário maldade significa tendência a praticar o mal, ação ruim, crueldade. Agora pense numa pessoa que faz isso gratuitamente e propositalmente contra você. Deslealdade significa falta de lealdade, traição, falta de caráter, infidelidade. Imaginou alguém assim? Desonestidade significa quase a mesma coisa, mas que indica a falta de dignidade e honradez. Defeitos, todos nós temos, mas gratuito e propositalmente, você escolhe ter ou não. Não estou aqui apontando o dedo pra 'fulano' ou 'ciclano', apenas comentando sobre uma situação que aconteceu comigo. Sacou? ;)

17 de fev de 2014

MAIS DO QUE VOCÊ? NÃO!

Não deixe suas panelas brilharem mais do que você!!! Não leve a faxina ou o trabalho tão a sério! Pense que a camada de pó vai proteger a madeira que está por baixo dela! Uma casa só vai virar um lar quando você for capaz de escrever “Eu te amo” sobre os móveis! Antigamente eu gastava no mínimo 8 horas por semana para manter tudo bem limpo, caso “alguém aparecesse para visitar” – mas depois descobri que ninguém passa “por acaso” para visitar – todos estão muito ocupados passeando, se divertindo e aproveitando a vida! E agora, se alguém aparecer de repente? Não tenho que explicar a situação da minha casa a ninguém... As pessoas não estão interessadas em saber o que eu fiquei fazendo o dia todo enquanto elas passeavam, se divertiam e aproveitavam a vida… Caso você ainda não tenha percebido: A VIDA É CURTA… APROVEITE-A!!! Tire o pó… se precisar… Mas não seria melhor pintar um quadro ou escrever uma carta, dar um passeio ou visitar um amigo, assar um bolo e lamber a colher suja de massa, plantar e regar umas sementinhas? Pese muito bem a diferença entre QUERER e PRECISAR! Tire o pó… se precisar… Mas você não terá muito tempo livre… Para beber champanhe, nadar na praia (ou na piscina), escalar montanhas, brincar com os cachorros, ouvir música e ler livros, cultivar os amigos e aproveitar a vida!!! Tire o pó… se precisar… Mas a vida continua lá fora, o sol iluminando os olhos, o vento agitando os cabelos, um floco de neve, as gotas da chuva caindo mansamente…. - Pense bem, este dia não voltará jamais!!! Tire o pó… se precisar… mas não se esqueça de que você vai envelhecer e muita coisa não será mais tão fácil de fazer como agora… E quando você partir, como todos nós partiremos um dia, também vai virar pó!!! Ninguém vai se lembrar de quantas contas você pagou, nem de sua casa tão limpinha, mas vão se lembrar de sua amizade, de sua alegria e do que você ensinou. AFINAL: “Não é o que você juntou, e sim o que você espalhou que reflete como você viveu a sua vida”.

19 de jan de 2014

A ARVORE DOS DESEJOS

No conceito indiano (védico), o Paraíso é composto por árvores-dos-desejos, as quais basta você sentar debaixo e desejar qualquer coisa para que imediatamente se realize, sem que haja intervalo entre o desejo e a realização. Uma vez, um homem estava viajando e, acidentalmente, sentou-se embaixo de uma dessas árvores-dos-desejos.

Sem saber do conceito acima e domado pelo cansaço, ele pegou no sono. Quando despertou estava com muita fome, então disse:

- Estou com tanta fome que desejaria poder conseguir alguma comida em algum lugar.

E imediatamente apareceu comida, vinda do nada, simplesmente uma deliciosa comida, flutuando no ar. Ele estava tão faminto que não prestou atenção de onde viera a comida.

Começou a comê-la assim que a viu. Somente depois que a fome desapareceu é que voltou a olhar ao redor, já satisfeito. Outro pensamento seguiu em sua mente:

- Se ao menos conseguisse algo para beber... E, imediatamente apareceu à ele excelentes sucos e néctares. Bebendo e relaxando na brisa fresca , sob a sombra da árvore, começou a pensar:

- O que está acontecendo? O que está havendo? Estou sonhando ou existem espíritos ao meu redor que estão fazendo truques comigo?

E espíritos apareceram. E eram ferozes, horríveis, nauseantes. Ele começou a tremer e um pensamento seguiu em sua mente: - Agora vou ser assassinado, com certeza. e BUM ! ! ! . . .e assim aconteceu . . .

Esta parábola tem apenas um significado: sua mente é a árvore-dos-desejos, e o que você pensa, mais cedo ou mais tarde, há de se realizar. Ás vezes o intervalo entre o pensamento e o acontecimento é tão grande que nos esquecemos completamente que, de alguma maneira, desejamos o ocorrido.

Mas, se olharmos profundamente, perceberemos que todos os nossos pensamentos, medos e receios é que estão criando nossas vidas.

Eles criam nosso inferno ou nosso paraíso; criam nosso tormento ou nossa alegria; o negativo ou o positivo. Todos nós somos "mágicos". E todos estamos fiando e tecendo um mundo ao nosso redor, sem mesmo tomarmos conta disso.

Sua vida está em suas mãos. Você pode dar a volta por cima, pode transformar seu inferno em paraíso. A responsabilidade é toda sua. Seu paraíso depende somente de você!

Cuidado, pois você pode estar sentado neste momento, sob a sua árvore-dos-desejos.

Então só pensamentos positivos, por favor! =)

25 de dez de 2013

MÃE

Minha mãe se preocupava muito com outras pessoas que não ela, principalmente comigo. Ela simplesmente não conseguia viver de outro jeito. Pra mim, ela foi uma heroína.